Banner

Home
Quem é Baraldi
Personagens
Fotos
Cartuns e ilustrações
Charges
Jogo do Roko-Loko
Lojão
O que falam dele
Entrevistas
Prêmios
Podcast
Livro de visitas
Links
Blog
Twitter
Youtube
Fale comigo

 

Login



Personagens

Os personagens mais Rock’n’Roll dos quadrinhos! Esse casalzinho da pesada faz o maior sucesso entre a roqueirada brasileira. Criados em janeiro de 1996 estrearam no mês seguinte na revista Rock Brigade, a mais antiga, tradicional e famosa magazine roqueira da América Latina e uma das mais conceituadas do mundo!

Roko-Loko e Adrina-Lina são uma criação totalmente original e nova: em todas suas HQs eles contracenam com uma banda de verdade e aprontam toda a sorte de confusões possíveis e imagináveis. Suas histórias são repletas de ação e trapalhadas, tudo num ritmo 100% Rock’n’Roll! Baraldi cria suas HQs como se estivesse fazendo um frenético solo de guitarra.
Os personagens já estrelaram três livros de quadrinhos, um videogame para PC e um boneco, além de camisetas muito legais!

Para ler algumas HQs dos personagens, clique aqui. E depois crie vergonha na cara e compre os livros deles aqui.

 

O primeiríssimo personagem tatuador dos quadrinhos!!!! Responda rápido: você já viu outro personagem regular nas HQs que é tatuador? Pois é! Coube ao Baraldão inventar este personagem 100% original e criativo.

Tattoo Zinho foi criado em 1996 e desde então é publicado ininterruptamente todo mês na revista Metalhead Tattoo, a primeira publicação de tatuagem do Brasil!

Zinho é um tatu tatuador e divide um estúdio de tatuagem com seu sócio Podrão, versão-cartum do tatuador Maurão, (estúdio Crazy Tattoo) em São Caetano (SP), também guitarrista da banda “punk/oi” Garotos Podres.

Pelo seu estúdio passam os tipos mais variados: patricinhas, executivos, surfistas, roqueiros, malucos em geral e até personagens de quadrinhos e filmes, como Wolverine, Popeye e até o asqueroso Alien, gerando as situações mais hilárias e absurdas!

Tattoo Zinho faz grande sucesso também entre a categoria dos tatuadores do Brasil, sendo considerado um personagem símbolo da categoria profissional e recebendo o aval de tatuadores e piercing-masters consagrados como Cláudia Zuba, Osmar, George, Zero e Tita, entre outros.

Para ler algumas HQs do Tattoo Zinho clique aqui, depois crie vergonha nessa cara e compre o livrão lindo dele aqui por apenas R$10,00.

O pobre Sultão era apenas um cão sarnento, órfão e sem teto, jogado nas ruas sem ninguém. Capturado pela carrocinha, é levado para um laboratório químico onde é usado como cobaia ao lado de vários outros animais aprisionados.

Após sofrer todo tipo de atrocidades em nome da ciência, Sultão, numa derradeira noite, injeta em si próprio genes de todas as cobaias do laboratório: pássaros, peixes, cavalos, coelhos, bovinos, etc. A partir de então, sofre violenta transformação e adquire os poderes de todos os animais do laboratório: a força do touro, a rapidez do coelho, o poder de voar dos pássaros, etc.

Imediatamente Sultão liberta todos os animais escravizados e faz um juramento sobre o crânio de seu pai, um descendente distante do famoso cachorro Capeto, heróico mascote do super-herói Fantasma. Sultão assume a identidade de Sabujo Vingador e jura defender todos os animais do mundo até o fim de sua vida.

Suas histórias são repletas de ecologia, filosofia, política, religião e ao mesmo tempo transbordam ação, emoção e pancadaria!

Um personagem diferente de tudo que você já viu! Sabujo é uma espécie de “Messias Canino”, pois apesar de se sacrificar pela raça humana, é sempre traído e maltratado por ela. Enfim, um cão que é mais humano que os humanos!

Criado em 1993, estreou em junho de 1996 na revista Dynamite, onde foram publicadas  todas suas maravilhosas HQs, que estão desde então, disponíveis no site www.dynamite.com.br. Para lê-las,
clique aqui.

E aguardem seu livrão para breve!

Os passarinhos Vapt e Vupt foram criados em 1995 e estrearam no mesmo ano na revista infantil ecumênica Alô Mundo, onde ficaram por alguns anos, até o fechamento da revista. De lá foram para a Visão Espírita, primeira revista espírita popular do Brasil, onde ficaram por mais alguns anos também até o fechamento desta. Depois passaram rapidamente pela Além da Vida, Sem Fronteiras e Viração e desde 2005 são publicados todo mês na Espiritismo e Ciência. Além disso, também saem em vários jornais como Sindiquim e Estação Notícia, entre outros.

Suas tiras são repletas de assuntos políticos, ecológicos e espiritualistas. Vapt e Vupt adoram fazer perguntinhas sócio-políticas impertinentes, destas que não querem calar nunca! Como são pássaros e não humanos, eles não entendem os porquês de tantos absurdos na sociedade dos homens.

Para ler algumas HQs de Vapt e Vupt clique aqui. E aguardem para breve o livrão lindão dos passarinhos mais queridos do Brasil!

 

 

Criados em 1991 para o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Euriko e Ritalinda são o casalzinho mais politizado dos quadrinhos nacionais. Publicados ininterruptamente há 16 anos no jornal Folha Bancária e em todos os materiais de comunicação visual do Sindicato, como cartazes, adesivos, cartilhas em quadrinhos, bottons, camisetas, out-doors e o que mais você puder imaginar.

Em suas histórias e charges, Euriko  e Ritalinda discutem política e conjuntura, sempre do ponto de vista humanista e progressista, e sempre com muito humor crítico e inteligente. É o verdadeiro "cartum social mundial" do Baraldi!

Para ler muuuuitas de suas charges clique aqui. E aguarde para breve seu livrão lindo!

Alaôr Kaholic, o workaholic, é exatamente isso que seu nome diz: um viciado total em trabalho que só pensa em labutar 24 horas por dia! Qualquer semelhança com seu criador NÃO é mera coincidência!...

Alaôr é o típico workaholic que faz trinta coisas ao mesmo tempo e leva seu lap-top até no banheiro. O personagem foi criado em 2001 para o "Livro da Preguiça" (veja seção de livros no lojão) e rapidamente ganhou vida independente passando a estrelar tiras e HQs nas revistas "Viva Melhor" (editora Escala) e "T e D", para executivos de empresas.

Alaôr é uma visão bem-humorada de um tipo urbano muito comum nos dias de hoje. Você com certeza conhece um Alaôr por aí, se é que voce mesmo não é um!

Para ler algumas HQs de Alaôr, clique aqui.




Rap dez é o primeiro personagem rapper dos quadrinhos. Diga aí, você conhece algum outro? Mais uma vez Baraldi saiu na frente e criou um personagem inédito e original, para representar a galera da cultura Rap e Hip-Hop. Rap Dez é um trocadilho com um Rap "DEZ", de nota dez, ou ótimo, e também com "rapidez", pois os rappers falam e declamam seus versos muito rapidamente. E Rap Dez não foge a tradição dos grandes rappers da vida real: é um rapazinho negro, morador da periferia, dançarino de break, grafiteiro e rapper dos bons!

Num lance totalmente inédito, suas histórias são inteiramente narradas em versos e rimas, numa linguagem 100% rapper! Suas HQs, como não podiam deixar de ser, são politizadas até a medula e falam de todos os assuntos que interessam pra moçada: política, sexualidade, Aids, ecologia, manipulação da mídia, modismos baratos, violência, reforma agrária, etc, mas sempre com muito colorido, bom humor e muita atitude e discurso jovem.

Publicado há cinco anos ininterruptos na revista Viração, a mais interessante, consistente e crítica revista para jovens surgida nos últimos anos, Rap Dez traz ainda mais uma novidade aos quadrinhos: muitas de suas histórias são escritas pelos próprios leitores adolescentes da revista! A galerinha manda a idéia e os versos da história e Baraldi dá um trato no texto e quadrinhiza o roteiro, colocando o crédito do autor dele. Uma verdadeira parceria entre um quadrinhista e os leitores, totalmente inédita no Brasil!

Para ler uma HQ do Rap Dez clique aqui e aguarde para breve o livrão lindo do personagem. E enquanto o livro não chega aproveite e vá até o lojão comprar uma linda camiseta do primeiríssimo  personagem rapper dos quadrinhos mundiais! É o Brasilzão saindo na frente outra vez!!!

 

 

Publicada desde 2003 na revista "Esotérica" (editora Onde), Érica, a esotérica, é aquela típica mulher da Nova Era: natureba, apaixonada por astrologia, cristais, pirâmides e terapias alternativas. De altíssimo astral, Érica atrai e distribui energias positivas por onde passa. Conversa  com bons espíritos e espanta os negativos.

Suas histórias são lotadas de viagens astrais, meditações, contatos mediúnicos, e claro, muito bom humor para limpar a  aura energética de qualquer um! Mais uma personagem muito alegre, dinâmica e criativa, características típicas do trabalho do Baraldão!

Deixe Érica conquistar você também, clique aqui para ler algumas HQs dela. E aguardem  novidades da esotérica mais simpática dos quadrinhos!

Maluco e Beleza

A dupla mais pamonha dos quadrinhos! Na esteira do sucesso do Roko-Loko, Baraldi criou estes dois roqueiros "bem bagaceiros" da periferia. Paupérrimos, falando uma gíria bem malaca, Maluco e Beleza não têm grana pra nada e vivem arrumando confusões ao tentar entrar de graça nos shows de rock ou comerem em bares sem pagar. Um retrato escrachado mas fiel da juventude dos subúrbios e periferias do Brasil.
Maluco e Beleza foram criados em 1998, estrearam na revista "Dynamite" em 2002, mas imediatamente pularam para a revista "Hard Rock Valhalla", onde então fixaram residência.
Para ler algumas das HQs dos dois pamonhas clique aqui e aguardem o livrão dos xaropes.

Criado em 2004, o Guerrilheiro da Guitarra é publicado todo mês na revista "Comando Rock". O personagem, como o próprio nome diz, é um roqueiro-guerriheiro, que leva sempre uma guitarra à tiracolo e não se separa de um detonador de explosivos com o qual explode tudo que não presta no Brasil e no mundo: corrupção, injustiças, modismos, programas de TV alienantes, agressores da natureza, e sobretudo, a grande mídia e seu desrespeito com a cultura brasileira.
É o inimigo número um do terrível "Império do Jabá" e da "GMR" (Grande Mídia Reacionária)!
Suas histórias são calcadas na crítica aos grandes meios de comunicação, a defesa do meio ambiente e nas mais variadas injustiças sociais. Enfim um personagem altamente politizado, crítico, contemporâneo e principalmente... muito EXPLOSIVO!!!
Clique aqui para ler muitas tiras do Guerrilheiro e aguarde o livrão do personagem que mais DETONA nos quadrinhos!!!

O incrível super-herói travesti!!! O mais HOMOcionante personagem das HQs!
Tudo começou numa bizarra noite numa metrópole brasileira: a frágil travesti Marylin Shirley, (nascida Joílson da Silva), fazia seu trottoir diário nas ruas quando foi abordada por um misterioso ancião de longas barbas brancas. Contratada para fazer um programa, Marylin segue o  misterioso vovô pelos túneis de uma estação de metrô abandonada. Ao fazer um boquete caprichado no ancião, este revela que é na verdade um espírito incubido de encontrar uma travesti digna e nobre o suficiente para receber os poderes de 5 deuses e heróis greco-romanos:
1-BACO: que lhe confere o poder do tesão e a força das multidões luxuriantes.
2-ÍCARO: que lhe confere o poder de voar.
3-CIRCE: a feiticeira-sereia, que lhe concede o poder de respirar sob as águas e hipnotizar os homens com seu canto.
4-HERMES: que lhe concede  a velocidade dos ventos.
5-AFRODITE: que lhe concede o poder do amor e dos dois sexos num só (hermafroditismo).
A partir de então, ao pronunciar a palavra "BICHA", formada pelas iniciais de cada deus, Marylin se transforma no poderoso Ultravesti, defensor das minorias e inimigo número 1 do preconceito!
Sua origem é uma paródia-homenagem ao Capitão Marvel, um dos personagens preferidos do Baraldi desde sua infância.

Criado em 1997, o personagem apareceu pela primeira vez na revista "OK Magazine" e logo migrou para revista "Dynamite" onde ganhou super-aventuras longas e coloridas! Desde então suas HQs estão disponíveis no site www.dynamite.com.br. Clique aqui para lê-las e aguardem o livrão do herói mais HOMOcionante dos quadrinhos.

Mix Mouse é o primeiríssimo personagem DJ dos quadrinhos!!! Mais uma vez Baraldão saiu na frente e criou um personagem com um perfil inédito! Mix é um DJ atrapalhado que em todas suas tiras se encontra com um DJ de verdade (sobretudo da cena brasileira) ou algum artista dance/techno (inter)nacional.É quase uma versão techno do Roko-Loko, porém suas piadas são mais curtas e quase sempre ambientadas em clubes noturnos, raves, festas e afins.
Criado em 1997, o personagem foi publicado na revista "DJ Sound" de 1997 a 2002, onde contracenou com DJs conceituados como Mau-Mau, Luis Paretto, Iraí Campos, Mark Marky, Mauro Borges, etc, e artistas como Acqua, Gabriel o pensador, entre outros.
Assim como em Roko-Loko, com Mix Mouse, Baraldi criou uma interação original entre um personagem de quadrinhos e artistas de verdade! Mix fez sucesso entre a galera clubber e Baraldi vivia recebendo pedidos de DJs para aparecerem nas tiras. Atualmente o personagem está de férias, descansando na gaveta. Enquanto ele não sai de lá, leia aqui algumas de suas divertidas tiras!

Turma dos químicos

Estes foram os primeiríssimos personagens profissionais criados pelo Baraldi, ainda na adolescência! Concebidos em 1983 para o Sindicato dos Químicos do ABC, Zé Ácido, Maria Vitamina e Caveirinha, formam a "Turma dos Químicos", que são publicados religiosamente desde 1983 no jornal e na revista Sindiquim, além de cartazes, adesivos, gibis didáticos, camisetas, bottons, e outros materiais de comunicação do Sindicato.
Ze Ácido e Maria Vitamina representam os trabalhadores típicos da categoria química nacional e do operariado brasileiro em geral. Já o Caveirinha é um operário que foi vítima da insalubridade e se transformou numa caveira, virando símbolo do combate aos acidentes de trabalho nas empresas.
Juntos eles vivenciam todas as situações possíveis no interior de uma fábrica, além de discutirem política, conjuntura, meio-ambiente, direitos trabalhistas e muito mais. Tudo com muito humor, lógico!
Já estrelaram dois livros: "A fórmula do Riso" e "Cidadania: Eu quero uma pra viver!", ambos esgotados (veja seção de livros no LOJÃO), mas você pode ler algumas charges deles clicando aqui.

 

 


Copyright © 2004-2009 – Marcio Baraldi – Por [email protected]