Banner

Home
Quem é Baraldi
Personagens
Fotos
Cartuns e ilustrações
Charges
Jogo do Roko-Loko
Lojão
O que falam dele
Entrevistas
Prêmios
Podcast
Livro de visitas
Links
Blog
Twitter
Youtube
Fale comigo

 

Login



Revista Rock Brigade

Rock Brigade: MÁRCIO BARALDI: UM CARTUNISTA DU CARVALHO!


1 - Quando exatamente você começou a publicar seus desenhos na Rock Brigade?
Foi exatamente em janeiro de 96 que eu invadi a redação da Brigade com várias HQs de rock debaixo do braço. A que tinha o Roko-Loko (na época ainda sem nome) agradou em cheio e no mês seguinte já tava publicada!

2 - O que o motivou a lançar o livro do Roko-Loko?
Depois de quase 8 anos publicando o Roko sem parar e recebendo carta e email de monte, saquei que era hora de reunir as HQs dele num livro pra perpetuar o Roko. Pra colocar o Baraldi na estante ao lado do Marx, Proudhon, Freud, etc (risos).

3 - O livro foi resenhado em muitas revistas e jornais do país. Como foi a repercussão em termos de mídia?
Tá excelente! Saiu de norte a sul do país, em uma pá de jornais e revistas, além de um monte de sites. E agora tô indo em programas de rádio e TV divulgar também.

4 - Mesmo revistas que poderiam ser con­sideradas “concorrentes” resenharam o lançamento do livro?
Resenharam na boa e eu fico superfeliz com isso! Sinal que todo mundo reconhece meu esforço e profissionalismo nesses 8 anos construindo um “humor-rock” legítimo no país! E que o Roko e Adrina são os personagens roqueiros mais queridos do Brasil!

5 - E a repercussão de público? Anda vendendo bem? Soubemos que teve até pedidos de outros países (Japão)...
Excelente tambem! Tô recebendo email de tudo quanto é Estado, mandei o livro pra Portugal, Equador, e de fato, até do Japão chegou pedido. De uns malucos brasileiros morando lá.

6 - Até os cartunistas Laerte e Marcatti conheceram o trabalho. Como foi isso?
Pois é! Eu nem conhecia o Laerte pessoalmente, mas sempre gostei do trabalho dele e mandei um livro pra ele. E ele adorou e foi muito simpático.
Já o Marcatti é “broder “ véio meu e foi no lançamento com a família toda, os 15 filhos (risos)...

7 - Como foi o coquetel de lançamento do livro, em SP?
Foi dia 28/6 na livraria Comix, especializada em quadrinhos. Foi um sucesso, compareceram 300 pessoas e autografei 120 livros. Foi o recorde da livraria! E ainda apareceram as bandas Harppia, Velhas Virgens, Máxima Culpa...

8 - Com essa boa repercussão toda, você pensa num possível Volume 2 para o futuro?
O meu tio Toninho já andou me cobrando um segundo volume (risos). Mas vou soltar o n° 2 só no ano que vem, este ano vou divulgar o 1º volume até esgotar.

9 - Agora, vamos falar um pouco de você. Com que idade você começou a desenhar e quando isso se juntou com sua paixão pelo rock?
Eu já nasci desenhando, sempre rabisquei tudo! Aí, com uns 10 anos, descobri o rock, com “ We will rock you“ do Queen, e logo depois descobri o Kiss. Aí comecei a desenhar essas bandas obcecadamente (veja abaixo um desenho dessa época) e nunca mais parei de misturar rock com quadrinhos.

10 - O início da publicação de seu trabalho na Rock Brigade foi citado até em artigos sobre a história dos quadrinhos no Brasil. Qual a importância desse início de trabalho na Rock Brigade em seu trabalho?
O pessoal da editora Opera Graphica publicou um artigo considerando o Roko um dos personagens importantes da HQ Nacional.Por isso que eu acabei fazendo o livro com eles também. De fato, criar o Roko pra Brigade foi muito importante pra mim porque ele acabou se tornando meu personagem mais conhecido e ao mesmo tempo eu acabei criando um “humor-rock” no Brasil. Aliás, não só no Brasil, por que se você procurar em revistas de rock do mundo inteiro não vai achar nada parecido com o Roko! Ele é 100% original e brasileiro!

11 - Qual história do Roko-Loko teve mais repercussão até hoje?
Eu adoro todas as histórias e recebo email direto, mas as campeãs de emails e comentários do público foram as “Ghost’n’ Roll“, onde o Raulzito leva o Roko pra assistir um show no céu, e a “O sonho não acabou!”, uma HQ pela paz baseada na musica do John Lennon. A homenagem à Joey Ramone tambem lotou minha caixa postal!

12 - Teve algum que obteve repercussão negativa?
Até hoje não! Espero que continue assim (risos)!

13 - Algum site ou e-mail em que os leitores possam conhecer melhor seu trabalho?
Eu tô numa pá de sites, alem do da Brigade: www.whiplash.net, www.mundorock.net, www.dynamite.net, metalbrasil, e muitos outros.
E prometo pra breve um site só meu, bem caprichado!Aguardem que, como diria o Roko-Loko, vai ser “DU CARVALHO“!!! (risos)

 


Copyright © 2004-2009 – Marcio Baraldi – Por SGuerra@dEsign